domingo, 25 de agosto de 2013

Resposta a ti

Para dormir, andorinha, ainda que cedo seja, tape os olhos escondendo-os da luz. Desligue as preocupações quanto a predadores e, se nada adiantar, tape os ouvidos internos, sobrepondo o silêncio à música da passarada. Se mesmo assim nada vier a efeito fazer, fareje o tempo e lembre que as horas, se deixá-las correrem, deixar-te-ão sem maiores apegos. Apaga-te e aprenda que nada paga ou repõe teus olhos fechados, tua mente onde deseja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário