quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Contido

Qual a medida correta? Qual a média?
Quando ser e quando se abster?
Ações desmedidas pedindo métricas se acumulam no fundo de um baú de "quases".
A força de uma possível mudança é barrada na porta pela insegurança.
E se eu for longe demais? E se eu disser o que não devia e dever explicações?
E se eu simplesmente não ligar e pensar que pra tudo há uma solução à frente?
De repente o certo é ser sem se questionar.
Mas outro "quase" não vai caber e o baú vai transbordar.

sábado, 22 de abril de 2017

Ser humano

Pra conter a asa, o desodorante.
Pra evitar chulé, o pó ou spray.
Pra desentortar os dentes, o aparelho.
Pra enxergar melhor, os óculos.
Pra bem cheirar, o perfume.
Pra entrevista de emprego, a barba aparada.
Pra ser respeitado, o sapato apertado.
Pra não atrasar, o relógio.
Pra não escabelar, o gel.
Pra não incomodar, o cabelo curto.
Pra não juntar sujeira, as unhas cortadas.
Pra socializar, o happy hour.
Pra dormir, o fim de semana.
Pra viver, as férias.